Araras, 25 de maio de 2017

            Desde os mais remotos tempos da história do futebol ararense, existiam aqueles torcedores apaixonados, aquelas pessoas simples, humildes, e que muitas vezes passavam...
Compartilhe em suas redes sociais!

            Desde os mais remotos tempos da história do futebol ararense, existiam aqueles torcedores apaixonados, aquelas pessoas simples, humildes, e que muitas vezes passavam despercebidas nos estádios de futebol, mas eram presenças marcantes e imperdíveis nos jogos de seu time de coração.

            Eles pulavam, cantavam, incendiavam os jogadores, torcedores, carregavam as faixas, sacudiam as bandeiras, muitas vezes choravam pela derrota do seu time, ou pela emoção da conquista de um título de campeão. É bom que se frise, que algumas vezes esses personagens não eram compreendidos por alguns torcedores, pela sua paixão. Mas eram sem dúvida o jogador número 12 do time.

            Naquela época, embora hoje todos faleceram, eles também merecem ser lembrados e homenageados em nosso Cantinho de Saudades. Não vou citar o nome de todos, pois eram diversos, que deixaram recordações, lembranças e muitas histórias para serem contadas.

            Por exemplo, por volta de 1975, mais de 40 anos já são passados, tínhamos a figura maravilhosa de Gildo Simioni. Quem não se recorda desse torcedor apaixonado? É um nome que sempre deve ser lembrado, que diga a velha guarda do Comercial FC. Foi diretor e um dos maiores, se não o maior, torcedor símbolo do Leopardo da Paulista.

            Gildo Simioni veio a falecer aos 84 anos de idade, mas enquanto sua saúde permitia, nunca deixou de assistir os treinos do Comercial FC, e nos seus jogos aqui na cidade ou fora de Araras, sempre foi o primeiro a dizer presente.

            Uma boa alma que já há longos anos se foi, deixando lacuna marcante no setor dos adeptos do Comercial FC.

            Ao Gildo Simioni, esse torcedor símbolo do Comercial FC de épocas passadas, com lembranças e recordações, nossas homenagens em nosso Cantinho de Saudades.

            No próximo número, dia 20, mais um capítulo sobre Torcedor Símbolo. Quem será?

Compartilhe em suas redes sociais!

Walter Gambini

Nenhum comentário por enquanto.

Seja o primeiro a comentar.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *