Araras, 18 de dezembro de 2017

Aos 50 anos, Sérgio Luiz Delmunde é um dos mais tradicionais vidraceiros da Avenida Washington Luiz. Sua trajetória profissional no ramo da vidraçaria começou... Sérgio Delmunde: vidraceiro atento aos detalhes
Compartilhe em suas redes sociais!

Sérgio aprendeu a arte da vidraçaria aos 18 anos e fala que os detalhes são importantes para o trabalho
(Crédito: Tiago Penteado/Tribuna)

Aos 50 anos, Sérgio Luiz Delmunde é um dos mais tradicionais vidraceiros da Avenida Washington Luiz. Sua trajetória profissional no ramo da vidraçaria começou aos 18 anos, quando trabalhou para um comércio. “Meu trabalho na época era consertar vidros quebrados e atendia os clientes de bicicleta”, recorda.

Anos depois, deixou a vidraçaria para estudar na escola Senai – que abriu caminho para o setor industrial. “Até 1982 trabalhei em uma indústria de Limeira, que faliu e retornei à Araras”, recorda.

Foi neste período que a vidraçaria voltou para sua vida, sendo contratado para trabalhar em um antigo comércio. “Hoje ele não existe mais, mas foi meu período para evoluir com meu trabalho”, disse.

Em 1988 surgiu oportunidade para abrir uma vidraçaria em sociedade com um amigo e a primeira loja ficava na Avenida da Saudade, Jardim Nossa Senhora de Fátima. “A parceria foi produtiva e terminou três anos depois e tive oportunidade de manter meu próprio negócio”, explica.

Desde 1991, mantém a vidraçaria no mesmo endereço que fica na Avenida Washington Luiz e Sérgio trabalha ao lado da esposa Cristina, da filha Gabriela e do irmão Márcio. Ele aponta a mudança no mercado verificada nos últimos anos.

“O setor de vidros mudou muito, pois antes um temperado era destinado apenas para famílias com alto poder de renda. Porém, hoje é mais acessível, assim como outros modelos”, explica. Outras mudanças no mercado da construção civil também ajudaram o setor como a substituição das madeiras e ferros pelos vidros.

“Além da estética, o vidro tem mais durabilidade e ficou mais popular, algo benéfico para o mercado”, cita. Com o passar dos anos, Sérgio também foi contemplado pelo reconhecimento de grandes marcas. “Atualmente sou representante da Blindex em Araras, que é uma das marcas mais respeitadas do mercado. A vidraçaria requer muita paciência aos detalhes, mas é uma profissão que vale a pena prosseguir”, finaliza.

Compartilhe em suas redes sociais!

Tiago Penteado Repórter de Segurança, Meio Ambiente e Tribuna no Bairro.

Contato: tiago@tribunadopovo.com.br