Prefeitura lacra Clínica Fênix por irregularidades

Funcionários do setor de Fiscalização da Prefeitura notificam proprietários da Clínica Fênix, em setembro

A Prefeitura de Araras publicou decreto que determina lacração da Clínica Fênix, localizada no bairro Jardim Aeroporto, zona norte. A medida, válida a partir de hoje (5), ocorre após a fuga de pacientes em tratamento registrada em 15 de setembro. Na ocasião, irregularidades e até agressões foram denunciadas pelos fugitivos.
O documento, publicado na edição de hoje da Tribuna, determina a lacração por tempo indeterminado do local que fica na rua 14 Bis, Jardim Aeroporto. Pelas normas, as atividades foram encerradas e serão liberadas após os proprietários adequarem conforme determinam os requisitos legais.
A medida ainda autoriza “a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, Divisão de Fiscalização a tomar as providências necessárias a fim de efetivar o fechamento e a lacração do estabelecimento”, com base na legislação.

Entenda o caso
Em 15 de setembro, 20 pacientes fugiram da clínica particular para tratamento de dependentes químicos. A fuga aconteceu após um protesto contra os maus-tratos e a falta de estrutura oferecida. Alguns teriam fugido para a casa de parentes e outros procuraram ajuda na Delegacia do Município. A Polícia Civil abriu um inquérito policial para investigar o caso. O boletim de ocorrência do episódio foi registrado por seis pacientes como lesão corporal.
Na época, a assessoria de comunicação da Prefeitura explicou através de nota que “notificaria o proprietário do local para encerrar as atividades, pois não era permitido esse tipo de instituição na região onde ela funcionava. Além disso, a instituição também não tinha licença e nem autorização da Vigilância Sanitária para funcionar”.

Compartilhe

Por em 5 de novembro de 2013. Arquivado em Manchete,Segurança. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta notícia através do RSS 2.0. Both comments and pings are currently closed.

Comentários desativados.