Araras, 24 de julho de 2017

Ligianne Din Shirahigue, 36 anos, engenheira de alimentos, objetivando aproveitar resíduos agroindustriais para obtenção de compostos antimicrobianos e antioxidantes desenvolve em Araras, um projeto... Pesquisadora investiga ação antimicrobiana de resíduos agroindustriais em doutorado em Araras
Compartilhe em suas redes sociais!

Ligianne Din Shirahigue, 36 anos, engenheira de alimentos, objetivando aproveitar resíduos agroindustriais para obtenção de compostos antimicrobianos e antioxidantes desenvolve em Araras, um projeto de pesquisa de pós-doutorado no Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal e Bioprocessos Associados, no Centro de Ciências Agrárias, do Campus local da Ufscar (Universidade Federal de São Carlos).

O estudo, intitulado Aproveitamento dos Resíduos Agroindustriais – Prospecção de Compostos com Atividade Antimicrobiana para Aplicação em Bioprocessos, tem como principal objetivo investigar compostos que tenham atividade antimicrobiana a partir de resíduos agroindustriais – como bagaço de laranja, semente e casca de uva, extrato do processamento de camarão – de forma a aproveitar esses subprodutos que seriam descartados e aumentar a sustentabilidade do agronegócio.

A pós-doutoranda explica que, após a coleta dos resíduos, é feita a caracterização dos compostos e testada sua ação contra micro-organismos contaminantes da fermentação para a produção de etanol combustível. “A partir de todo este trabalho, a intenção é justamente aprimorar as pesquisas na área por meio da verticalização do resíduo, visando promover seu aproveitamento para destinos ‘nobres’ e inovadores. O maior benefício do estudo é mostrar como é possível aproveitar um material que seria descartado de forma a tornar a cadeia produtiva mais sustentável”, explica Ligianne.

O interesse da engenheira de alimentos por esta área de alimentos iniciou-se no período em que cursava o ensino médio. As questões de processamento e conservação de alimentos sempre a interessavam e a motivaram a prestar vestibular para o curso de Engenharia de Alimentos.

São 17 anos de formação, atuando há 12 anos na área acadêmica com pós-graduação e pesquisa.

Em 1999 ingressei a Universidade Norte do Paraná (Unopar) em Londrina/PR, onde realizei o curso de graduação. De 1999 a 2003, tive uma exímia base acadêmica e científica, tanto em aulas teóricas e práticas, em laboratórios que foram fundamentais para minha formação como engenheira de alimentos. Tinha um grande interesse em seguir a carreira acadêmica, mas ao finalizar a faculdade em 2003, tive a oportunidade de trabalhar por um período em uma indústria de alimentos, aplicando o conhecimento adquirido ao longo da graduação. No ano de 2005, tive a oportunidade de estagiar em um laboratório de tecnologia de carnes da Universidade de São Paulo, no qual realizei um período de estágio de 2005 a 2006, trabalhando com diversos projetos de pesquisas relacionados à área de tecnologia de carnes. No ano seguinte, 2006, ingressei no mestrado no Programa de Pós Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos da ESALQ (Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”) da USP, que me forneceu uma interdisciplinaridade sobre as questões relacionadas à Ciência e Tecnologia de Alimentos, legislação e conservação de diferentes produtos agroindustriais. Em 2010, ingressei no doutorado do Programa de Pós Graduação em Ciências, do CENA (Centro de Energia Nuclear na Agricultura) da USP. O doutorado nesse programa foi essencial para o aprofundamento e solidificação de conceitos e teorias aplicados à ciência e tecnologia de alimentos e por se tratar de um programa multidisciplinar de excelência, tive a oportunidade de abrir o conhecimento, aplicando de forma diferenciada o conhecimento adquirido durante a graduação e o mestrado. Durante o doutorado, fui contemplada com bolsa Mobilidade Santander, o que proporcionou realizar parte de minha pesquisa na Universidade do Porto, Porto, Portugal. Sigo agora com este novo projeto”, conto Ligianne

Ping Pong

Perfil

Nome completo: Ligianne Din Shirahigue

Idade: 36 anos

Profissão: pesquisadora

Formação: engenheira de alimentos

Viagem

Melhor já feita: Portugal

Sonha fazer: conhecer países nórdicos

Uma dica: Porto (Portugal)

Personalidade

O que te define: sinceridade.

Defeito: assumir muitas atividades sob minha responsabilidade

Qualidade: organização

Sonho: ingressar como professora em uma universidade

Identidade

Família: minha razão de viver

Saudade: dos meus avós

Mulher de Coragem: Anne Frank

Visão Nacional

Política: medo do futuro

Sociedade: lutar pelos direitos sempre

Uma ação: buscar preservar os recursos naturais

Necessidade: melhorar o país para as novas gerações

Araras

Uma escola: Insa (Instituto Nossa Senhora Auxiliadora)

O que te agrada: cidade organizada

O que te incomoda: poucos restaurantes

Ponto preferido: o Centro da cidade

Cultura

Livro: O Caçador de Pipas e Cidade do Sol (Khaled Housseini)

Trilha sonora: Beatles

Compartilhe em suas redes sociais!

Rebeca Petrucci