Araras, 22 de setembro de 2017

Aos 16 anos, a aluna do curso de nutrição e dietética Júlia do Nascimento Soares dos Santos representa a Etec (Escola Técnica Estadual) Prefeito... “Nova geração tem espírito de mudança”, diz vereadora jovem
Compartilhe em suas redes sociais!

Júlia dos Santos durante posse na Câmara Jovem
(Crédito: Divulgação/Câmara Municipal)

Aos 16 anos, a aluna do curso de nutrição e dietética Júlia do Nascimento Soares dos Santos representa a Etec (Escola Técnica Estadual) Prefeito Alberto Feres na Câmara Jovem, junto com a suplente Júlia Eduarda Maiochi, da mesma escola.

Na companhia de outros 10 vereadores – cada um com seu suplente – Júlia assinou livro da posse em março. Para Tribuna, afirma que busca no seu espírito de liderança a força para ajudar a mudar a realidade e cita o espírito de mudança presente na nova geração. “A juventude é o futuro do País, sendo a cara do Brasil daqui alguns anos. Ninguém melhor para representar a juventude que o jovem em si”, disse.

Ela entrou na escola Alberto Feres em 2016, mas antes estudou no Insa (Instituto Nossa Senhora Auxiliadora). É a primeira vez que participa da Câmara Jovem e conta como foi eleita. “A oportunidade surgiu quando a diretoria da minha escola anunciou que seria feita a escolha. Pensei: por que não tentar?”, conta.

Cita também seu espírito de liderança e a facilidade que tem para o diálogo – reconhecida por professores – e conta que concorreu pela vaga com outros alunos. “A eleição foi feita através da análise das notas bimestrais e frequência do ano de 2016 de cada um e as minhas foram as melhores dentre as dos outros alunos”, explica.

Para a estudante, o jovem deve pensar no Brasil daqui 10 anos – quando estarão no mercado de trabalho. “É pouco tempo para uma grande mudança, pouco tempo para que a reversão do cenário atual do Brasil aconteça, a prova disso é um partido que em seus oito anos de mandato – e ainda querendo mais – não fez nada para que o Brasil deixasse de ser um País subdesenvolvido e se tornasse um desenvolvido”, critica.

Júlia fala ainda que o Brasil é um adolescente sendo comandado por cabeças que não vêem o amanhã, mas o hoje e apenas o dinheiro no próprio bolso. “Ninguém melhor que o jovem para entender um adolescente com boas raízes, porém moldado por gente incapaz de pensar no futuro”, enfatiza.

Sobre a Câmara Jovem, avalia que será para promover expectativas como vereadora jovem. “O primeiro projeto – ainda está em andamento – tem ligação com minha escola e seu grêmio, que consiste em fazer um gancho entre saúde e meio ambiente, com a plantação de mudas em um local que está sendo decidido, além da prática de exercícios físicos ao ar livre para os jovens, mas que ainda passará pela aprovação do prefeito”, finaliza.

Compartilhe em suas redes sociais!

Tiago Penteado Repórter de Segurança, Meio Ambiente e Tribuna no Bairro.

Contato: tiago@tribunadopovo.com.br