Araras, 23 de janeiro de 2019

O juiz eleitoral de Araras, Rodrigo Peres Servidone Nagase, acatou nesta quarta-feira (dia 26) um pedido de liminar, apresentado pela Coligação Araras Não Pode... Justiça suspende por liminar distribuição de propaganda de Bonezinho
Compartilhe em suas redes sociais!


O juiz eleitoral de Araras, Rodrigo Peres Servidone Nagase, acatou nesta quarta-feira (dia 26) um pedido de liminar, apresentado pela Coligação Araras Não Pode Parar (grupo de Pedrinho Eliseu), para suspender a distribuição de material de propaganda política do candidato a prefeito Bonezinho Corrochel (PTB) e seu seu vice Donizeti Lima (PP).
Na decisão em que concede a liminar, o juiz entende que as propagandas citadas na representação “parecem veicular informação inverídica”, diz Nagase.
O juiz refere-se a um panfleto no qual consta a informação de que Bonezinho esteve à frente da Subprefeitura de Sapopemba.
“Ante as informações das folhas 10/11 e 17 (da representação), o candidato Mário Corrochel Neto não esteve à frente da subprefeitura de Sapopemba por não ter exercido a função de subprefeito”, diz a decisão liminar
De imediato, o juiz também determinou a suspensão da distribuição do material sob pena de multa.
O advogado de Bonezinho, Roberto Benetti Filho, descaracteriza a representação e chama de “aventura jurídica”. Ele afirma que o panfleto é claro ao afirmar que o petebista esteve à frente de diversos projetos na subprefeitura.
Benetti também diz que na interpretação da representante a expressão: esteve à frente da prefeitura regional de Sapopemba é mentirosa, já que Bonezinho não exerceu o cargo de subprefeito mas sim de chefe de gabinete.
“Contudo essa representação não passa de uma ação desesperada do adversário, pois eles sequer foram investigar qual eram as atribuições do Mário Corrochel enquanto chefe de gabinete do subprefeito.
A lei municipal 13.399/02 destaca no artigo 12, inciso I, quais são as atribuições do chefe de gabinete, sendo que as funções estão intimamente ligadas ao subprefeito, inclusive de substituí-lo quando necessário, fato esse que ocorreu por diversas vezes”, rebate o advogado.
Benetti ainda emenda “Mário também comandou vários programas da Prefeitura regional, logo esteve à frente de várias ações. Dizer o contrário seria esconder do eleitor de Araras exatamente a capacidade técnica e a competência que Bonezinho tem e o papel que efetivamente ele desempenhou na prefeitura regional de Sapopemba”, finalizou.
Bonezinho vai apresentar recurso.

 

Compartilhe em suas redes sociais!

Rebeca Petrucci

error: Conteúdo não disponível para cópia.