Araras, 14 de dezembro de 2018

  Pelo menos 55 clientes de uma floricultura de Rio Claro, incluindo casais ararenses, tiveram prejuízos após o local anunciar o fechamento e a... Floricultura fecha portas e clientes que pagaram decoração de casamento ficam no prejuízo, incluindo casais de Araras
Compartilhe em suas redes sociais!

 

Pelo menos 55 clientes de uma floricultura de Rio Claro, incluindo casais ararenses, tiveram prejuízos após o local anunciar o fechamento e a dona deixar de prestar o serviço de decoração pago. Segundo a Polícia Civil, vários clientes registraram boletim de ocorrência. Vivendo o drama de ter o casamento marcado para acontecer em poucos dias, o casal Junior Baptistella e Carla Dias também foi surpreendido com a informação de que o estabelecimento havia declarado falência e com o fato de conseguirem contato com a proprietária do local.

Segundo a irmã do noivo, Gabriela Babtistella, eles foram vítimas de um golpe. “Luana Mijolaro é decoradora e deu um golpe em diversos casais, ela simplesmente declarou falência e sumiu com o dinheiro. Estamos todos revoltados e tentando achar uma saída”, contou.

Agora para tentar amenizar, pelo menos um pouco, o prejuízo emocional dos noivo e tentar salvar a cerimônia, eles resolveram buscar ajuda de outras pessoas. Estão com uma “vaquinha on-line” para tentar arrecadar fundos, contando com a solidariedade.

“Estamos na corrida contra o tempo de tentar arrecadar algum valor para tentar contratar algum decorador até a data. Precisamos de muita ajuda. Quem puder doar qualquer quantia será muito bem vinda. Foi criada por um dos padrinhos essa “vaquinha””, emendou Gabriela.

O endereço para ajudar o casal é http://vaka.me/ivphey. E a aposta das vítimas é na empatia de quem tomar conhecimento do ocorrido.
“Acredito que o amor, a empatia e a caridade podem (e vão) salvar o mundo. Caso não possam ajudar financeiramente, divulguem! Sei que temos pessoas muito queridas que vão nos ajudar e que em breve tudo isso vai se resolver da melhor forma!”, falou Gabriela emocionada.

Versão da proprietária

A proprietária da floricultura Casa e Jardim, Luana Mijolaro, foi procurada pela reportagem da Tribuna, mas o celular estava desligado.

Em nota, publicada em reportagem da EPTV – afiliada da Rede Globo, a advogada de Luana, Marcela Marques Vitzel, informou que empresa encerrou as atividades por problemas financeiros e porque a proprietária está doente. Disse também que a empresa não tem condições de cumprir com os contratos e que, assim que puder oferecer alguma proposta, vai entrar em contato com os clientes.

Compartilhe em suas redes sociais!

Rebeca Petrucci

Nenhum comentário por enquanto.

Seja o primeiro a comentar.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo não disponível para cópia.