Araras, 17 de novembro de 2017

Aos 88 anos, 33 deles dedicados à educação, Zulma Tereza Brizola Forte Janeiro é viúva do professor Oscar Alves Janeiro, patrono da escola estadual... “Educação era paixão do Oscar”, recorda dona Zulma
Compartilhe em suas redes sociais!

Dona Zulma ao lado dos filhos e netos durante café da manhã em homenagem ao seu marido, patrono da Escola Oscar Janeiro
(Crédito: Marcos Silva)

Aos 88 anos, 33 deles dedicados à educação, Zulma Tereza Brizola Forte Janeiro é viúva do professor Oscar Alves Janeiro, patrono da escola estadual que fica no Jardim Bosque de Versalles. “Ele era apaixonado pela profissão e pela educação”, recorda.

Dona Zulma conversou com Tribuna no Bairro durante café da manhã promovido na última terça-feira (27) em comemoração aos 30 anos de fundação da escola estadual que tem o nome do seu marido, inaugurada em 1986.

Ela fala que conheceu Oscar quando ambos lecionavam em bairros próximos de um distrito localizado em Presidente Prudente, extremo-oeste do Estado de São Paulo. “Éramos apaixonados pela educação e percorremos várias cidades do interior do Estado para lecionar, até que em 1964 o Oscar foi chamado para ser diretor da Escola Estadual Coronel Justiano Whitaker de Oliveira”, relata.

Enquanto Oscar era direitor na escola, localizada no Centro, dona Zulma foi lecionar na Escola Estadual Lions Clube, no Jardim Nossa Senhora de Fátima. “Foi uma época deliciosa da nossa vida e me aposentei na escola Lions, há 30 anos, e o Oscar na Justiniano”, disse.

Porém, o professor Oscar faleceu de forma precoce aos 54 anos, vítima de complicações no coração. “Infelizmente, naquela época a medicina não era avançada”, disse.

Dona Zulma enfatiza o legado deixado pelo professor, além dos trabalhos realizados em Araras. “O pouco tempo que ele viveu fez muito pela cidade, que era apaixonado. Nos últimos 30 anos é emocionante ter o nome dele em uma escola. Aliás, a emoção marca minha vida desde 1986, quando ela foi inaugurada”, revela.

A professora aposentada hoje reside no Jardim Belvedere e tem três filhos – Théria, Paulo e José Augusto – 13 netos e um bisneto. “Tem outros professores na família”, finaliza.

Compartilhe em suas redes sociais!

Tiago Penteado Repórter de Segurança, Meio Ambiente e Tribuna no Bairro.

Contato: tiago@tribunadopovo.com.br