Araras, 22 de setembro de 2017

Apesar da tentativa de representantes de moradores da região norte de Araras para que a única Casa Lotérica da região norte permaneça no bairro,... Com saída quase certa de Lotérica, prefeito quer novo estabelecimento na zona norte
Compartilhe em suas redes sociais!

Prefeito Pedrinho Eliseu, gerente regional da Caixa, Evandro Nobre Cruz e superintendente Regional da Caixa, Cecília Helena Bomfim, se reuniram na segunda-feira no Paço Municipal de Araras para discutirem situação de lotérica e outros assuntos

Apesar da tentativa de representantes de moradores da região norte de Araras para que a única Casa Lotérica da região norte permaneça no bairro, a Lotérica Árvores da Sorte, localizada na rua Emílio Pacagnella, Parque das Árvores, já teria atendido todos os requisitos para efetuar sua mudança para dentro das dependências do Hipermercado Walmart, localizado na região central da cidade. Uma das justificativas seria maior segurança dentro da loja.

Moradores da região chegaram a entregar à Caixa Econômica Federal, na terça-feira passada (5), um abaixo assinado com pelo menos 650 nomes que são contra a retirada da casa lotérica localizada no Parque das Árvores.

Ainda assim a saída já estaria encaminhada entre a Caixa e o responsável pela Casa Lotérica. Até por isso o prefeito Pedrinho Eliseu (PSDB) tenta agora outra solução. O prefeito se reuniu na manhã de segunda-feira (8) com a superintendente Regional da Caixa, Cecília Helena Bomfim, e com o gerente regional Evandro Nobre Cruz, no Paço Municipal em Araras.

Com a saída da casa lotérica já programada Pedrinho pediu a ambos a instalação de uma nova casa lotérica no Parque das Árvores, a pedidos da população. A proposta do prefeito é que a instalação ocorra no mesmo local em que a atual lotérica vem funcionando. Ele ainda requereu um correspondente bancário a ser instalado no CAM (Centro de Atendimento ao Munícipe) Guerino Bertolini, para que os moradores da região leste não precisem se deslocar para outros bairros para poderem pagar suas contas. Apesar dos pedidos, a gerência da Caixa não confirmou se vai dar prosseguimento às requisições.

Desde o final de abril os moradores temiam a saída da única casa lotérica localizada na região, a Lotérica Árvores da Sorte, localizada na rua Emílio Pacagnella, Parque das Árvores.

Hoje a região norte da cidade é a segunda mais populosa de Araras, atrás apenas da região leste. Ainda assim ela tem apenas uma casa lotérica.

Joana Guirau, presidente da Associação de Moradores do Jardim Esmeraldas, foi uma das que se mobilizou contra a mudança. Além dela, há cerca de 15 dias os vereadores Regina Corrochel e José Roberto Apolari (ambos do PTB) também protocolaram um ofício, em caráter de urgência, no gabinete do deputado federal Nelson Marquezelli (PTB), “solicitando intervenção na Caixa Federal para manutenção da Casa Lotérica da Zona Norte que está sendo cogitada para ir para o Hipermercado Walmart”.

Já na última sexta-feira (5) a vereadora Anete Casagrande (PSDB) protocolou um ofício na Superintendência Regional da Caixa Econômica Federal de Piracicaba solicitando a manutenção da Casa Lotérica Árvores da Sorte no Parque das Árvores. Ela foi recebida por Evandro Nobre Cruz, que esteve ontem com o prefeito Pedrinho Eliseu. Ainda na terça-feira passada Anete já havia apresentado Moção de Repúdio contra a retirada da Casa Lotérica da região. A moção foi aprovada por todos os vereadores de Araras, mas não teria surtido o efeito desejado.

           

Outros pedidos à Caixa

Segundo a administração municipal, em reunião entre o prefeito Pedrinho Eliseu (PSDB), a superintendente Regional da Caixa, Cecília Helena Bomfim, e o gerente regional Evandro Nobre Cruz, realizada na segunda-feira (8) no Paço Municipal em Araras, foram feitas solicitações sobre o Projeto Minha Casa Minha Vida.

Ainda conforme a Prefeitura, foi pedida ainda celeridade “em outros projetos que já estão liberados para Araras há dois anos, mas que estavam parados, como verbas para recapeamento asfáltico, mecanização agrícola e a reforma de Unidade de Atenção Especializada de Saúde (Santa Casa), em valores que chegam a quase R$ 1 milhão.

Compartilhe em suas redes sociais!

Denny Siviero

denny@tribunadopovo.com.br