Araras, 24 de abril de 2017

            Uma nova parceria envolvendo o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, o Fórum de Araras e a iniciativa privada da cidade... Cejusc vai abrir Oficina de Parentalidade para discutir casos de família

Reunião entre coordenadores do Cejusc e do Supermercado Copacabana para firmar parceria

            Uma nova parceria envolvendo o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, o Fórum de Araras e a iniciativa privada da cidade vai proporcionar mais um serviço oferecido pelo Cejusc de Araras (Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania).

            Prevista para ser inaugurada no próximo mês de abril, em duas salas da Unar (Centro Universitário Dr. Edmundo Ulson), além de uma brinquedoteca, a Oficina de Parentalidade é um serviço de mediação familiar com o objetivo de atender demandas judiciais e pré-processuais, para que os integrantes das famílias envolvidas nos conflitos recebam informações sobre as questões que envolvem a estabilidade dos filhos e da nova família.

            Essa prática é utilizada em países como Canadá e Nova Zelândia, e no Brasil já funciona no Rio de Janeiro, com recomendação do CNJ (Conselho Nacional de Justiça). A proposta é que as partes que ingressam com processos nas Varas da Família sejam direcionadas/intimadas para participar de uma Oficina de Parentalidade, podendo, depois, compreender o caminho a ser percorrido e escolher o procedimento que melhor possa atender às necessidades para a solução do conflito, ou seja, a conciliação, mediação ou processo judicial.

            O serviço em Araras será implantado sob coordenação do juiz de direito Antonio Cesar Hildebrand e Silva, titular da 3ª Vara Cível de Araras e atual coordenador do Cejusc, em funcionamento em Araras desde 2012, na Unar. A parceria envolve também a Uniararas, que vai disponibilizar uma equipe de alunos de psicologia; e o Supermercado Copacabana, através do empresário Divaldo Antonelli, que vai disponibilizar lanches diários às famílias participantes.

            A equipe responsável pelo Cejusc de Araras é formada pelo juiz coordenador Antonio Cesar Hildebrand e Silva, Rosemeire Mudnutti, Manoel Santos Neto, Carolina Colombini e Regina Ponteli.

Célio Casarin

Nenhum comentário por enquanto.

Seja o primeiro a comentar.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *