Araras, 22 de setembro de 2017

            Tudo começou na década de 1960, quando a família Marques abrigou pela primeira vez um viajante que estava de passagem pela cidade. Foi...
Compartilhe em suas redes sociais!

            Tudo começou na década de 1960, quando a família Marques abrigou pela primeira vez um viajante que estava de passagem pela cidade. Foi apenas uma noite, mas a satisfação de ver que aquele senhor dormira bem, e demonstrava gratidão pela acolhida, fez com que Dona Alice, matriarca da família, decidisse alugar não apenas uma cama, mas todas.

            Com o tempo, o negócio foi expandindo e havia sempre pessoas à porta, aguardando uma vaga. A hospedagem atingiu um nível de satisfação tão grande, que foi decidido ampliar as instalações com novos quartos. Isso refletiu a evolução de que era uma simples ideia, para um grande e novo desafio a que a família se propôs.

            Por volta dos anos 1980, foi iniciada uma sondagem do solo do terreno anexo à antiga casa. Esse momento marcou o início da construção do prédio atual do Hotel Marques, período marcado pela determinação, empenho e, acima de tudo, pelo grande desejo de presentear Araras com um hotel à altura do seu progresso. Desde então, seu compromisso é aprimorar seus serviços, colocando em primeiro plano a satisfação dos hóspedes.

            Pois bem, no dia 3 de março último, por sugestão do Carlão Gambini da Silva, grupo de amigos e convidados estiveram reunidos no Hotel Marques para homenagear Jorge Marques Filho, um dos pioneiros e integrante do Clube dos Cavaleiros de Araras, que todos os anos promove romaria a cavalo até o Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida.

            A história dessa romaria também é bonita. Tudo começou por volta do ano de 2006, quando um grupo de 18 cavaleiros e 29 cavalos percorreu 330 km até a cidade de Aparecida do Norte em 9 dias, marcados de muita conversa, diversão, alegria, avistando belas paisagens, cachoeiras e vales imensos.

            Para se ter uma ideia, a viagem começa a ser organizada com um mês de antecedência. Os cavalos consomem 800 kg de um composto de vitaminas e proteínas, que é uma mistura de quirela, farelo de milho, ração laminada e rolão.

            Os cavaleiros contam com um cardápio especial preparado pelos srs. Jair de Campos e Cláudio Armelim. É bom registrar que não basta vigor físico e cavalos preparados, pois é uma caminhada de 330 km de Araras até Aparecida do Norte.

            Nesse evento de homenagem, Jorge Marques Filho recebeu brindes e carinhosa homenagem de seus amigos. Várias pessoas fizeram uso da palavra. No final, emocionado, Jorge agradeceu a todos.

            Ao Jorge Marques Filho e a todos os cavaleiros, as homenagens de Reminiscências Esportivas.

 

Cuidados com os vândalos

            Em 8 de dezembro de 1963, 63 anos já passados, em comemoração ao Ano Santo Mariano, os congregados marianos da época construíram no quintal do Educandário Dona Benedita Nogueira, uma gruta em homenagem a Imaculada Conceição. Hoje, devido a bonita revitalização do local, a mesma encontra-se na Praça Monsenhor Quércia, o Calçadão.

            Há poucos dias, visitando esse local, fiquei surpreso com o total abandono, peças desaparecidas, vidro arrombado, sujeira… Uma decepção.

            Um povo que não respeita seu passado, não conserva seu patrimônio histórico, como aquela gruta de 63 anos, ao lado privilegiado da Casa da Memória de Araras Pedro Pessoto Filho, que exemplo daremos para os turistas que nos visitam?

            Gostaria e ficaria agradecido se o sr. Prefeito Municipal Pedrinho Eliseu tomasse algumas providências, revitalizando a mesma, com grade de ferro ao redor da imagem, iluminação, flores, o emblema que foi roubado etc.

            Temos que respeitar todas as crenças. Isso não é uma guerra, é uma ato de fé e cultura de um povo.

 

Agradecimentos

            À família de Fernando A Caninana, telefonando, agradecendo a homenagem ao Caninana em Cantinho de Saudades.

            Recebi também a visita de várias pessoas idosas, que vieram cumprimentar a coluna pela artigo “Um sonho… Uma saudade…”

 

Sociais

            Ontem, dia 28, completou mais uma primavera Lais Cristina Pedrazolli. A ela, meus parabéns e votos de muitas felicidades, paz, saúde e prosperidade. Aquele abração.

Compartilhe em suas redes sociais!

Walter Gambini